in food, portuguese

dia 264 – prove em Lisboa

O Prove vai passar entregar cabazes em Lisboa, no Mercado de Santa Clara.

Mais informações em: http://www.prove.com.pt/newsmodule/view/id/113/.

As encomendas podem ser feitas aqui: http://g-prove.prove.com.pt/clientes/sk-novocliente.php?dmk=1327446386.

Exemplo de cabaz: http://blog.cozinhadecaverna.com/2011/10/dia-150-cabaz-provecompt-em-detalhe.html

PROVE em Lisboa, no Centro das Artes Culinárias, Mercado de Santa Clara 

A partir do próximo dia 7 de Fevereiro os lisboetas vão poder consumir produtos hortofrutícolas de qualidade adquiridos directamente aos produtores agrícolas, sem intermediários.
Estes produtos são comercializados sob a forma de um cabaz com 5-6 Kg que tem um custo de 10 euros.
As entregas de cabazes efectuam-se no Centro das Artes Culinárias, no Mercado de Santa Clara, em S. Vicente de Fora, todas as terças-feiras entre as 17h30 e as 19h30, após encomenda realizada em www.prove.com.pt/encomendas ou 961 071 190 até ao dia 5 de Fevereiro.
Os cabazes PROVE de Lisboa são compostos por diversos hortícolas e fruta da época produzidos na exploração agrícola de Ana Marques, situada na várzea da Moita. Esta jovem produtora tem formação superior na área agrícola e aplica o Modo de Produção Integrada a toda a produção da exploração, um sistema agrícola que utiliza técnicas amigas do ambiente e permite obter produtos de elevada qualidade.
O lançamento da iniciativa PROVE em Lisboa resulta da colaboração entre a ADREPES – Associação para o Desenvolvimento Rural da Península de Setúbal (www.adrepes.pt), entidade coordenadora do projecto PROVE e a Associação “As Idades dos Sabores”, promotora do Centro das Artes Culinárias, situado no   Mercado de Santa Clara (www.centrodasartesculinarias.com).
Antecedentes
O PROVE – Promover e Vender, é uma metodologia que pretende contribuir para o escoamento de produtos locais, fomentando as relações de proximidade entre quem produz e quem consome, estabelecendo circuitos curtos de comercialização entre pequenos produtores agrícolas e consumidores.
Iniciado em 2006 nos concelhos de Palmela e Sesimbra, a metodologia PROVE tem sido disseminada com enorme sucesso de Norte a Sul de Portugal através  da acção de Grupos de Acção Local, produtores e consumidores, mas também de autarquias, organizações de agricultores e diversos parceiros locais.
Actualmente estão constituídos 38 núcleos PROVE, que envolvem cerca de 100 produtores agrícolas e respectivos agregados familiares e 1500 consumidores e permitindo semanalmente a comercialização de 11 toneladas de produtos hortofrutícolas nos 45 locais de entrega existentes.
Neste momento o PROVE desenvolve-se no âmbito da cooperação interterritorial do Subprograma 3 do PRODER e conta com a participação de 16 Grupos de Acção Local, tendo o apoio da Federação Minha Terra.
Este projecto, para além de continuar a replicar a metodologia de intervenção, inovando e agregando novas experiências, pretende criar um conjunto de planos de intervenção nas explorações agrícolas, que estimulem novos serviços e produtos, diversificando a actividade e aumentando o rendimento dos produtores.
O impacto que o PROVE tem tido nos vários territórios onde a metodologia tem sido adoptada valeu-lhe já várias distinções concedidas por instituições nacionais e europeias.
Para mais informações:
www.prove.com.pt
212 337 930
919 424 733

Write a Comment

Comment